Andreani

01/03/2018

Marketing e Logística, universos que se complementam. Entenda.

Ser consciente da importância do papel destes dois elementos e o seu relacionamento com fornecedores e clientes é um ponto básico para o correto fluxo de informação e produtos ao longo da cadeia de suprimentos e a chegada destes últimos ao ponto de venda na forma e momento correto, no menor custo possível.

Se fazemos a seguinte pergunta: "que relação existe entre marketing e logística?”, muitas pessoas responderão que não existe nenhuma. Errado. Acontece o contrário, as áreas estão tão vinculadas que é necessário perfeição e certa sincronização para seu ótimo funcionamento.

Com o objetivo de satisfazer a demanda do mercado, como são garantir que tanto bens e serviços estejam disponíveis na quantidade e no lugar adequados no momento em que o consumidor demanda, é necessário ter uma boa comunicação e entendimento entre ambas áreas.

“Muitas pessoas pensam que os responsáveis de marketing simplesmente fazem propaganda, criam e vendem produtos, porém o marketing vai muito além de montar anúncios e comercializar bens e serviços. A missão é na verdade contribuir de forma decisiva a oferecer aos clientes produtos, serviços e ideias e garantir a real satisfação das suas necessidades. O Marketing precisa responder rapidamente qualquer mudança e a logística precisa de tempo e planejamento para garantir que tudo chegue ao destino e com segurança”, afirma Ariel Acosta, especialista de marketing da Andreani Logística.

A visão estratégica é fundamental e cada setor aporta o que é preciso para poder ter sucesso no planejamento de todas as ações de marketing que serão realizadas no percorrer do ano.

Philip Kotler, um dos maiores exponentes no Marketing, definiu o conceito de Marketing Logístico como “o conjunto de tarefas de planificação, execução e controle do fluxo físico de bens e serviços desde o ponto de origem até o lugar de consumo com o objetivo final de cumprir com as exigências dos consumidores obtendo um benefício” em outras palavras, é nada mais que colocar o produto adequado a disposição do consumidor adequado, no lugar e no momento adequado.

“Marketing e logística não são universos independentes, ambos estão ligados, se complementam procurando o mesmo objetivo: acrescentar um valor agregado para a empresa e satisfazer o cliente”, conclui Ariel Acosta.

 

Twitter Facebook

Voltar ao início